Loading...
Aguarde. Estamos processando seu pedido...

ANILDA LEÃO (88 anos)

ID: m84 Categoria: Atrizes Date : Monday 27th July 2020 9:00:00 pm Tipo : Image / Photo

No rating received yet. [[ ItemDetailsCtrl.itemRating.totalVotes ]] vote(s) - You have rated [[ ItemDetailsCtrl.itemRating.selfRating ]]

Resenha

Anilda Leão Moliterno                

 

(Maceió/AL, 15 de junho de 1923)           

(Maceió/AL, 06 de janeiro de 2012). 

 

Anilda Leão foi uma poetisa, escritora, militante feminista, atriz e cantora brasileira. Anilda Leão escreveu textos para diversas publicações alagoanas, como as revistasCaetés” e Mocidade” e os jornais Jornal de Alagoase Gazeta de Alagoas”. Num evento organizado pela "Federação Alagoana pelo Progresso Feminino", Anilda se apresentou pela primeira vez como cantora. Anilda passou então a militar pelos direitos das mulheres, tendo participado do “Congresso Mundial de Mulheres” realizado em Moscou, como representante da “Federação Alagoana pelo Progresso Feminino”. Anilda Leão chocou a sociedade alagoana ao se casar com o jornalista e escritor Carlos Moliterno que era desquitado. Na época, ainda não existia divórcio no Brasil. Anilda escrevia poemas desde os treze anos de idade, mas só publicou o seu primeiro livro, Chão de Pedras” aos trinta e oito anos. Aos cinquenta anos de idade escreveu um volume de contos, “Riacho Seco”, com o qual conquistou o “Prêmio Graciliano Ramos” da “Academia Alagoana de Letras”. Como atriz trabalhou nos seriados Lampião e Maria Bonita e Órfãos da Terra e nos filmes "Bye Bye Brasil", Memórias do Cárcere e Deus é Brasileiro”, além de "Tana's Take" de Almir Guilhermino e outras produções locais. Anilda Leão morreu de infecção generalizada, depois de uma fratura no fêmur.

Tags
Loading...