Loading...
Aguarde. Estamos processando seu pedido...

LUDY VELOSO (70 anos)

ID: m1752 Categoria: Atrizes Date : Tuesday 15th November 2022 10:00:00 pm Tipo : Image / Photo

No rating received yet. [[ ItemDetailsCtrl.itemRating.totalVotes ]] vote(s) - You have rated [[ ItemDetailsCtrl.itemRating.selfRating ]]

Resenha

Maria de Lourdes Leão Veloso da Rocha                               

 

(Rio de Janeiro/RJ, 11 de setembro de 1924)                 

(Rio de Janeiro/RJ, 31 de julho de 1995).

 

Filha de Maria Thereza Leão Veloso da Rocha, Ludy Veloso foi uma atriz, radialista, autora, tradutora, diretora e produtora brasileira com atuação em rádio, teatro, cinema e TV. Ludy Veloso também foi empresária teatral na "Cia. Ludy Veloso/Armando Couto". Ludy Veloso começou a trabalhar bem mocinha, no “Instituto do Café”. Mas recebeu um convite de Armando Couto para fazer teatro e não recusou. Maria de Lourdes adotou o nome artístico de Ludy Veloso e estreou em São Paulo, na peça Helena Fechou a Porta” de Acyoly Neto e em seguida fez várias peças de Millôr Fernandes. Ludy Veloso atuou bastante com o comediante Mazzaropi, na época da “Cia. Vera Cruz”. Ludy Veloso foi a primeira atriz a fazer, no cinema, esposa de Mazzaropi. Com ele esteve em Sai da Frente” (Maria), Nadando em Dinheiro” (Maria) e O Homem dos Papagaios”. No cinema, Ludy Veloso fez também Destino em Apuros”, “A Sogra”, “A Outra Face do Homem” e “Ladrão em Noite de Chuva” (esposa do ladrão). Ludy Veloso recebeu o “Prêmio Saci” de melhor atriz no cinema. Como atriz da “Rádio Nacional”, Ludy Veloso esteve no episódio “Assim é Se Lhe Parece” (Madame Sirelli) do “Programa Grande Teatro De Millus” e na radionovela “A Mancha Vermelha” (Natália). No teatro, Ludy Veloso esteve nas peças “Helena Fechou a Porta” (Ambrosina), “Fugir, Casar ou Morrer”, “Os Inimigos Não Mandam Flores” (atuação e produção), “Uma Mulher em Três Atos” (Maria, além da produção), “Elas São Formidáveis/Bobosse” (atuação e produção), “Uma Noite de Amor” (atuação e produção), “Bonito Como Deus” (atuação e produção), “Do Tamanho de Um Defunto” (atuação e produção), “Poeira de Estrelas” e “Aconteceu às 5:15 ((atuação, direção e produção). Na TV, Ludy Veloso comandou na TV Tupi, um programa que se chamava “Ludy Veloso Recebe”, mas fez também, ainda na TV Tupi, os episódios “Amor de Bruxa” e “Os Inimigos Não Mandam Flores” da série “Grande Teatro Monções”, os episódios “Elas São Formidáveis”, “Uma Noite de Amor” e “Do Tamanho de um Defunto” da série “Grande Teatro Tupi” e na TV Rio, Ludy Veloso esteve no episódio “Comissário de Polícia” da série “Teatro de Variedades” e no programa “Noite de Gala”. Ludy Veloso era casada com o pesquisador e escritor Oswaldo Lamartine de Faria (que se suicidou, em 2007, com um tiro no peito aos 87 anos) . Ludy Veloso gravou vários livros para cegos. Ludy Veloso morreu vitimada por um infarto fulminante.
 

Tags
Loading...